Translate

Procure no blog

sábado, 10 de setembro de 2016

Estais Atentos

Marie-Julie Jahenny
Essa profecia mostra revelações de Marie-Julie Jahenny (1850-1941), uma mística da Santa Igreja Católica.

Apenas trechos.

Ela teve a visão de um diálogo entre Nosso Senhor e Lúcifer, e o segundo disse:

“Atacarei a Igreja. Tirarei a Cruz, dizimarei a gente, depositarei uma grande fraqueza da Fé em seus corações. Haverá um GRANDE REPÚDIO DA RELIGIÃO. Por um tempo, serei o DONO de tudo, e tudo estará sob MEU CONTROLE, até mesmo Teu templo e todo o teu povo”. “San Miguel diz que Satanás fará tudo por um tempo e que reinará completamente sobre tudo; que toda a bondade, Fé, Religião será enterrada no túmulo… Satanás e os seus triunfarão com alegria, mas depois deste triunfo, o Senhor, por Sua vez, reunirá o Seu povo e REINARÁ e TRIUNFARÁ SOBRE O MAL LEVANTARÁ do túmulo a Igreja enterrada, a Cruz prostrada…”. Marie-Julie viu que “não restará vestígio do Santo Sacrifício, nem traço aparente de Fé existirá a CONFUSÃO em toda parte…”. “Todas as obras aprovadas tais como existem hoje pela Igreja infalível cessarão por um tempo. Nesta triste aniquilação, sinais brilhantes se manifestarão na Terra. Se por causa da maldade dos homens a Santa Igreja se encontrará na escuridão, o Senhor também enviará a escuridão para impedir os maus em suas busca do mal…”. Em 27 de novembro de 1902 e 10 de maio de 1904, Nosso Senhor e Nossa Senhora anunciaram a conspiração para inventar a “Missa Nova”: “E os ADVIRTO. Os discípulos que não são do Meu Evangelho estão trabalhando duro para refazê-lo segundo as suas ideias e sob a influência do inimigo das almas uma MISSA que conterá palavras que são ODIOSAS à minha vista”. “Quando chegar a hora fatídica quando os meus sacerdotes serão postos à prova, serão (estes textos) os que serão celebrados neste SEGUNDO período… O PRIMEIRO período é o do Meu sacerdócio que existe desde que Eu o fundei. O SEGUNDO é o da perseguição, quando os inimigos da Fé e da Santa Religião, que imporão suas fórmulas, no livro da segunda celebração… Esses espíritos infames são aqueles que Me crucificaram e estão esperando o reinado DO NOVO MESSIAS”

Marie-Julie Jahenny (junho, 1881).

“Nesta aberração, os sacerdotes quebrarão seus juramentos. O Livro da Vida contém a lista dos nomes que quebram seu coração”. “Pelo pouco respeito que tem para com os Apóstolos de Deus, o rebanho se torna indiferente e deixa de observar as leis. O próprio sacerdote é responsável por esta falta de respeito, porque ele próprio não respeita seu sagrado ministério, e o lugar que ocupa nas suas funções sagradas. O rebanho segue os passos de seus pastores; e isso é uma grande tragédia”. “O clero será severamente castigado por sua veleidade inconcebível e sua grande covardia que ele é incompatível com suas funções”. “Um terrível castigo está preparado para aqueles que erguem todas as manhãs a pedra do Santo Sacrifício. Eu não vim para seus altares para ser torturado. Sofro mil vezes mais por esses corações do que nenhum outro. Vos absolvo dos vossos pecados grandes, Meus filhos, mas não pode conceder nenhum perdão a estes sacerdotes”. Ela (Marie-Julie Jahenny) diz: “aqueles que governam o rebanho” serão os culpados pela crise que virá. Parece que o comunismo não teria triunfado se a Igreja tivesse permanecido fiel. Ela menciona um Papa que, no último momento, inverterá a sua política e fará um apelo solene ao Clero. Mas não será obedecido; pelo contrário, uma Assembleia de Bispos vai exigir ainda mais liberdade, declarando que já não obedecerão ao Papa. Marie-Julie, então, diz que a Revolução Vermelha estourará. Ela fala de uma “religião horrível” que substituirá a Fé Católica, e vê “muitos, muitos Bispos” abraçando esta “religião sacrílega e infame”

As profecias de Marie-Julie sobre a nova liturgia: Em 27 de novembro de 1902 (Nota do Editor: o 72º aniversário da Aparição da Medalha Milagrosa [27 de novembro de 1830]) e no dia 10 de maio de 1904, Nosso Senhor advertiu sobre a nova liturgia que um dia seria instituída:

“Os advirto. Os discípulos que não são do Meu Evangelho estão trabalhando duro para refazê-lo segundo as suas ideias e sob a influência do inimigo das almas uma Missa que conterá palavras que Me são odiosas Quando chegar a hora fatídica quando a fé de Meus sacerdotes será posta à prova, serão estes textos que serão celebrados neste segundo período…”. “O primeiro período é o do Meu Sacerdócio, existente desde Mim. O segundo é o da perseguição, quando os inimigos da Fé e da Santa Religião irão impor suas fórmulas no livro da segunda celebração. Muitos dos Meus santos sacerdotes rejeitarão este livro, selado com as palavras do abismo. Infelizmente, entre eles haverão os que o aceitarão”

Em 10 de maio de 1904, Nossa Senhora descreve o novo clero e sua liturgia:

“Não deixarão neste caminho odioso e sacrílego. Irão ainda mais longe para envolver tudo no instante, e de um só golpe, a Santa Igreja, o clero e a Fé de meus filhos”. Ela anuncia a “dispersão dos Pastores” pela própria Igreja, verdadeiros pastores, que serão substituídos por outros do inferno: “… Novos pregadores com novos sacramentos, novos templos, novos batismos, novas confraternidades”. 07 de julho de 1880, Jesus diz a Marie-Julie: “A Igreja será privada de seu chefe supremo, agora que o governo (…). O Chefe da Igreja será ofendido de maneira escandalosa”. Durante o êxtase de 04 de novembro de 1880, Marie-Julie nos descreve o martírio do Papa: “A voz da Igreja, com um suspiro velado, vem a romper as portas de minha alma com o eco do som de sua voz moribunda. O Sumo Pontífice lança uma oração agonizante a seu povo, aos filhos dos quais é o Pai. É uma espada para a minha alma… Eu vejo aves brancas que levam em seus bicos seu sangue e pedaços de sua carne. Eu vejo a mão de Pedro quebrada pelo prego como o de DEUS. Vejo suas roupas cerimoniais em farrapos, roupas que vestem sua dignidade para derrubar DEUS do altar. Eu vejo tudo em meu sol (Nota… a palavra poderia ser ‘filho’ em vez de sol – em Inglês a palavra ‘sun’é sol e ‘son’ é filho). Oh, como eu sofro!”

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Novena a Nossa Senhora das Dores


Como Setembro é o mês dedicado a Nossa Senhora das Dores, cuja comemoração litúrgica acontece dia 15, hoje, dia 6, inicia-se uma Novena em Honra às Sete Dores de Maria.

Essa Novena tem intenção de desagravo e reparo às ofensas sofridas por Nossa Senhora, nos mais variados aspectos, como, por exemplo, as blasfêmias carnavalescas e as paradas gay.

NOVENA A NOSSA SENHORA DAS DORES

Eu me compadeço de Vós, ó Virgem Dolorosa, por aquela aflição que o Vosso terno Coração sofreu na profecia do santo velho Simeão.

Minha querida mãe, por Vosso Coração tão magoado, alcançai-me a virtude da humildade e o dom do santo temor de Deus.

Ave-Maria...

Eu me compadeço de Vós, ó Virgem Dolorosa, por aquelas angústias que o Vosso sensibilíssimo Coração sofreu na fuga e permanência no Egito.

Minha querida mãe, por Vosso angustiado Coração alcançai-me a virtude da liberalidade, especialmente para com os pobres, e o dom da piedade.

Ave-Maria...

Eu me compadeço de Vós, ó Virgem Dolorosa, por aquela agonia que o Vosso solícito Coração sentiu na perda do Vosso Jesus.

Minha querida mãe, por Vosso Coração tão vivamente comovido, alcançai-me a virtude da castidade e o dom da ciência.

Ave-Maria...

Eu me compadeço de Vós, ó Virgem Dolorosa, por aquela consternação que o Vosso materno Coração sentiu ao encontrardes o Vosso filho com a cruz às costas.

Minha querida mãe, pelo Vosso amoroso Coração de tal modo atormentado, alcançai-me a virtude da paciência e o dom da fortaleza.

Ave-Maria...

Eu me compadeço de Vós, ó Virgem Dolorosa, por aquele martírio que o Vosso generoso Coração padeceu ao assistirdes Jesus agonizante.

Minha querida mãe, pelo Vosso Coração a tal extremo martirizado, alcançai-me a virtude da temperança e o dom do conselho.

Ave-Maria...

Eu me compadeço de Vós, ó Virgem Dolorosa, por aquela ferida que o Vosso piedoso Coração sofreu na lançada que rasgou o lado do Vosso filho e abriu o seu amabilíssimo Coração.

Minha querida mãe, pelo Vosso Coração de tal maneira traspassado, alcançai-me a virtude da caridade e o dom o entendimento.

Ave-Maria...

Eu me compadeço de Vós, ó Virgem Dolorosa, por aquela amargura que o Vosso Coração amantíssimo sofreu na sepultura do Vosso Jesus.

Minha querida mãe, pelo Vosso santo Coração tão aflito, alcançai-me a virtude da diligência e o dom da sabedoria.

Ave-Maria...

Rogai por nós, virgem dolorosíssima,
Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos:
Interceda por nós, ante a vossa clemência, Senhor Jesus Cristo, agora e na hora da nossa morte, a bem aventurada Virgem Maria, Vossa mãe, cuja Sacratíssima Alma foi traspassada por uma espada de dor na hora da vossa Paixão, por Vós mesmo, Jesus Cristo, Salvador do mundo, que viveis e reinais por todos os séculos dos séculos. Amém.
__________

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Setembro, dedicação a Nossa Senhora das Dores

Então já é setembro... e com esse mês maravilhoso, temos a dedicação a Nossa Senhora das Dores, cuja comemoração litúrgica acontece no dia 15.

Abaixo deixarei lindas imagens de Nossa Senhora das Dores para nos inspirarmos mais ainda nesse belíssimo título de Nossa Senhora.

***











































Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A Tradição é linda.

A Tradição é linda.

Palavras de Santo Agostinho

"A oração é uma chave do céu; sobem as preces, desce a divina misericórdia. Por mais baixa que seja a Terra, e alto o Céu, Deus ouve a língua do homem, quando este tem limpa a consciência."

Siga-me no Facebook